1ª Visita ao Viva Melhor Idade para realizar as entrevistas.

Resgatando Memórias…

DSC01363DSC01364

DSC01368DSC01369

DSC01370DSC01371

DSC01372DSC01373

DSC01374DSC01279

DSC01283DSC01285

DSC01288DSC01293

DSC01294DSC01295

DSC01324DSC01325

DSC01326DSC01328

DSC01332DSC01333

DSC01335DSC01336

DSC01337DSC01344

DSC01345DSC01348

DSC01349DSC01350

DSC01352DSC01353

DSC01354DSC01358

Sobre elianedmelo2

Professora de Língua Portuguesa com mestrado em Ciências da Educação. Nascida em 7 de julho, em Campos dos Goytacazes,Rio de Janeiro. Atualmente, morando em Roraima.Diretora do CEFORR ( Centro Estadual de Formação dos profissionais da Educação) em 2015, 2016,2017, Consultora técnica da UNIVIRR ( Universidade Virtual de Roraima) em 2017 e 2018. Atualmente, professora de língua portuguesa no Colégio Militar Estadual Cel. PM Derly Luiz Vieira Borges.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

14 respostas para 1ª Visita ao Viva Melhor Idade para realizar as entrevistas.

  1. Juliana Brasil disse:

    foi muito bom passar uma tarde com o seu Domingos, ele é uma pessoa fantástica e sábia, espero ter mais oportunidade de reencontra-lo..

  2. Diana Kelly Barbosa disse:

    História fántastica!

    • elianedmelo2 disse:

      Olá, Diana Kelly
      Faltou falar um pouquinho mais sobre o texto que leu e também escrever o título do texto. Não sei qual foi o texto que você leu.
      Aguardo comentário novamente

      • Laís disse:

        Olá professora! Aquele foi a conta de minha mãe…
        Gostei bastante do Lembranças de uma Leide. Senti pena da
        narradora, pois ela perdeu o pai. Achei estranho lavar rupa com água de goma sendo que, antigamente gome era cola! Antigamente não havia geladeira e o fogão era a lenha. Isso significa que a narradora é mais velha que minha mãe, pois na casa de minha avó tem uma geladeira caindo as pedaços que não funciona mais.

      • elianedmelo2 disse:

        Laís??? Desculpe-me, não sei quem é, qual turma e ano? são muitos alunos que tenho,e confesso que tenho na lista outras alunas com o mesmo nome.

  3. Náglya Reis disse:

    O texto trata de um assunto bem delicado, de uma época boa de se viver, eu não cheguei a viver esse tempo, mas segundo o escritor foi uma época maravilhosa, e também foi exterminada por quem mais a apreciava, o próprio ser humano, devia ser bom mesmo poder brincar na rua, na casa de colegas, hoje o perigo é tanto que nosso país tem receio de nos deixar ir para casa de amigos, nessa época havia mais tranquilidade, pena que isso não pode mais voltar a ser realidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s