Texto de Memórias escrito pelo aluno Vinícius da Costa Faustino, 8º ano. Baseado na entrevista realizada com o senhor Domingos.

                                                                           A vida continua
Na minha época, as famílias eram grandes, compostas de homens e mulheres. Os casais costumavam ter muitos filhos. Eu gostava de ver isso; uma casa cheia de gente!
Vim aqui para o estado de Roraima com meus pais em 1960. Quando aqui cheguei, morei no bairro chamado Beiral, e lá, eu e meus amigos brincávamos muito. Fico feliz de ter chegado aqui nessa época, pois, hoje em dia, o bairro Beiral já não é mais tão tranquilo. Gostei tanto da cidade que estou aqui até hoje! Nasci foi no maranhão. Em meu tempo, todos se conheciam. Hoje, tenho 73 anos e os tempos mudaram. Chegando aqui trabalhei como vendedor, e já fui comerciante. Não tenho família apenas um filho de 12 anos.
Minha infância não foi um mar de rosas, pois simplesmente eu não brincava, só trabalhava. Foi na minha infância que perdi uma pessoa muito importante na minha vida, minha mãe, ela se foi quando eu tinha apenas 9 anos e não aproveitei o amor que ela tinha pra me dar.
Apesar da minha infância não ter sido da forma como eu queria, lembro dela muito bem; ainda sinto o cheiro das brincadeiras dessa infância, como se fosse uma especiaria,que traz um gosto bom na boca e um frio no estômago pela saudade. Sempre fui de ter muitos amigos, sempre gostei de brincar com eles, mesmo não tendo tempo.
Uma história que amedrontava todas as crianças na minha época era a da cobra gigante que engolia as crianças. Sei que hoje não iriam acreditar, mas tomava conta da minha mente e eu tinha muito medo disso.
Hoje,só me arrependo daquilo que não fiz por medo! Medo de não dar certo, mas deveria ter pelo menos tentado com qualquer resultado. Hoje me sinto um vencedor pelas escolhas que fiz e que foram boas, como ter vindo morar aqui, sei que não sou filho desta terra, porém me sinto filho dela,e tenho imenso orgulho de morar aqui.
Hoje o tempo já mudou, porque o tempo não congela; ele evoluiu e passa á ser uma nova história. Acho interessante a tecnologia, mas não o jeito dela ser usada, os jovens se desligam da vida. A vida é assim, sempre mudando, uma hora para melhor e outra, para pior. E assim vai.

                                                                    ( Texto baseando na entrevista feita com o senhor Domingos )

Sobre elianedmelo2

Professora de Língua Portuguesa com mestrado em Ciências da Educação. Nascida em 7 de julho, em Campos dos Goytacazes,Rio de Janeiro. Atualmente, morando em Roraima.Diretora do CEFORR ( Centro Estadual de Formação dos profissionais da Educação) em 2015, 2016,2017, Consultora técnica da UNIVIRR ( Universidade Virtual de Roraima) em 2017 e 2018. Atualmente, professora de língua portuguesa no Colégio Militar Estadual Cel. PM Derly Luiz Vieira Borges.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Texto de Memórias escrito pelo aluno Vinícius da Costa Faustino, 8º ano. Baseado na entrevista realizada com o senhor Domingos.

  1. Alexsia 9 D disse:

    Observamos que muitas pessoas não possuem a escolha do que devem e podem fazer na infância, e isso é uma realidade dura.
    Nossa cidade é formada por pessoas que vieram de outros lugares e outras que já moravam aqui, e isso faz do nosso estado o que ele é

  2. Luis oliveira 7B disse:

    Texto de Memórias escrito pelo aluno Vinícius da Costa Faustino, 8º ano. Baseado na entrevista realizada com o senhor Domingos.
    Gostei muito do texto, ele me fez pensar bastante na forma que eu estou aproveitando o tempo que eu passo com a minha família e meus amigos.
    gênero: Biografia
    Luis Gustavo Alves de oliveira 7 ano B

  3. João Henrique Teodoro Dias disse:

    TÍTULO DO TEXTO: A vida continua

    O texto se trata de vários relatos seguidos feitos pelo senhor domingos. Estes relatos tratam sobre a vida no passado aqui em roraima e nas experiências do senhor Domingos aqui em nosso território. Ele também diz quais eram seus desejos na época e o que ele fazia, além de contar histórias.

    Gênero textual: narrativo

  4. Inforzato 7B disse:

    Título: A vida continua/ Comentário: Acredito que o narrador quis dizer é que apesar da infância dele não ser das melhores ele consegue se lembrar dela como boa./ Gênero textual: Narrativo/ Gabriel Nascimento INFORZATO 7B

  5. Luis Gustavo Alves de oliveira 7B disse:

    Texto de Memórias escrito pelo aluno Vinícius da Costa Faustino, 8º ano. Baseado na entrevista realizada com o senhor Domingos.
    Gostei bastante do texto e ele me fez refletir sobre o tempo que passo com minha família e o quanto a vida é difícil
    gênero: entrevista e blog
    Luis Gustavo Alves de oliveira 7B

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s